A IMPORTÂNCIA DOS LIMPADORES LINGUAIS PARA OS PACIENTES IDOSOS

04/01/2016 18:21
LFR: Qual a importância da utilização dos limpadores linguais para a saúde bucal de um indivíduo?
 
FLBM: A cada dia mais, especialmente nos indivíduos que ingerem muitos medicamentos por dia e ainda mais nos acamados, quer seja no hospital ou em casa, é PRIMORDIAL. Usar um limpador de língua permite que possam limpar as porções realmente posteriores da língua que é onde se acumulam mais restos alimentares. Estes acúmulos, além da chance de propiciar a formação de mau-hálito, fecham/ocluem os botões gustativos da língua, que é por meio de onde sentimos o gosto dos alimentos, que acaba levando as pessoas a colocarem mais sal ou açúcar para melhor sentirem o gosto dos alimentos. Além disto e ainda mais grave nos pacientes acamados, é que esta região da língua acumula muitos grupos de bactérias causadoras de pneumonias em pacientes debilitados ou propensos a problemas pulmonares.
 
LFR: Quais os tipos de limpadores linguais existentes e como devem ser utilizados?
 
FLBM: Existem diversos formatos de limpadores de língua, mas os 2 grandes tipos são os raspadores linguais - que têm uma ponta mais ativa que remove os restos alimentares de fato e os higienizadores linguais - que são arredondados e particularmente indicados para pacientes debilitados ou vivendo acamados. A freqüência de uso dos raspadores (em pessoas saudáveis) deve ser diária e é o ultimo passo de uma higiene bucal efetiva. Nas pessoas adoentadas/anêmicas o uso deve ser de acordo com as condições físicas de cada um, indo desde dia-sim, dia-não - sempre com muita leveza - até semanal. Nestes pacientes debilitados deve-se usar apenas os higienizadores linguais arredondados totalmente em sua ponta ativa.
 
LFR: Quando apareceram/ foram criados os limpadores linguais?
 
FLBM: O uso destes artefatos é muito antigo e existem relatos desde o século XVII, com a utilização de diversos materiais disponíveis em cada época/ país. Mas só no final do século XX e início do Século XXI vem sendo dada a real dimensão da importância de seu uso para parcelas cada vez maiores da população.
 
LFR: Por que somente recentemente os limpadores linguais têm ganhado espaço junto aos fabricantes de produtos para higiene bucal?
 
FLBM: Porque a cada dia que passa fica mais clara a importância de uma saúde bucal a mais completa possível, para o bem estar e saúde geral das pessoas e em particular dos idosos e dos acamados. Faz parte da evolução do conhecimento preventivo global a aplicação dos limpadores de língua nas bocas dos indivíduos.
 
LFR: Por que o uso dos limpadores linguais é importante para a prevenção de doenças?
 
FLBM: Porque ajuda a combater o mau hálito-secundariamente, mas por ajudar primordialmente na prevenção auxiliar da periodontite, das pneumonias aspirativas, no controle da diabetes e da hipertensão,doenças de grande mortalidade entre idosos (pneumonias) e de grande incidência (gengivite, periodontite, diabetes e hipertensão) nas populações de todo o mundo.
 
LFR: Por que o uso dos limpadores linguais é de extrema importância para os idosos?
 
FLBM: Como esta faixa etária tende a ingerir mais medicamentos,há uma diminuição do fluxo de saliva, que limpava também a porção posterior da língua. A Hipertensão é extremamente incidente acima dos 80 anos, por isto, tudo que ajude a prevenir seu avanço inexorável deve ser utilizado e sentir melhor o gosto dos alimentos (e usar menos sal na alimentação) é fundamental. O mesmo se aplica à diabetes, em relação ao açúcar. Mais crítico ainda é porque diversos trabalhos realizados por pneumologistas internacionais mostram que a porção posterior é um depósito de bactérias patogênicas ao pulmão e sistema respiratório e elas são um presságio das nefastas pneumonias, uma das doenças de maior mortalidade entre os idosos avançados e/ou acamados.
 
LFR: Para fecharmos este assunto, por favor forneça outras informações e observações que julgar necessárias.
 
FLBM: Há não mais de 5 anos atrás, existia apenas 1 (um) fabricante de raspadores linguais no Brasil: hoje já são mais de 15 (quinze) e isto está condizente com o quê ocorre nos países mais avançados do mundo.
 
Médicos e a Enfermagem Geriátrica devem buscar sua ampla aplicação, respeitando o estado físico dos pacientes sob seus cuidados, bem como os dentistas devem indicá-los nos adultos, para criar um hábito de repercussão muito favorável na 3ª Idade. Longe de qualquer modismo, o uso dos limpadores deve ser parte importante de uma limpeza bucal completa.
 
 
Referências:
Fernando Luiz Brunetti Montenegro(FLBM) - mestre e doutor pela FOUSP;
Luis Fernando Russiano(LFR) - jornalista SINOG - Revista Medicina Social.
“Conforme publicado na Medicina Social, v:24, n.198, p.14-15, Jul-Set 2007"