DEIXA TRANSPIRAR - DESODORANTE CRISTAL

Todos os dias, a maioria das pessoas usa desodorante ou antitranspirante, sem imaginar a nocividade que estão absorvendo. Muitas marcas prometem diminuir a transpiração entre outros “milagres”.
 
A transpiração é um processo natural e vital para plantas e animais.
 
No ser humano, a forma de transpiração é o suor, que elimina o calor excessivo e compostos desnecessários para o sangue, como o ácido úrico. É fundamental para manter a temperatura normal do corpo e para o funcionamento regular das células.
Ao contrário do que muitos pensam, o suor não tem cheiro, mas, na pele ocorre o desenvolvimento de bactérias, causadoras do odor desagradável. Lá mesmo em nossas axilas, elas vivem, se reproduzem, morrem e se decompõem.
 
Já na época do Império Romano, as pessoas controlavam a transpiração e o fedor, com pequenas almofadas aromatizadas nas axilas. No começo do século XX, os EUA fabricaram um produto a base de sulfato de potássio e sulfato de alumínio e nomearam-no de desodorante.
A diferença básica entre desodorante e antitranspirante é que o primeiro elimina o odor, disfarçando o problema e o segundo bloqueia a transpiração por meio de químicas pesadas.
 
Os dois produtos contêm elementos químicos e petroquímicos como: EDTA, triclosan, parabenos, BHT, cloreto, cloridratos e cloridróxidos de alumínio, que possivelmente podem provocar alterações hormonais, câncer e doenças neurológicas, sem contar que não são nada econômicos e comprometem o meio ambiente.
 
Mas, não são somente esses produtos que podem evitar o odor do seu suor. Existem alternativas antigas e funcionais, que impedem a proliferação de bactérias, sem prejudicar a saúde e o bolso.
Em muitos lugares do mundo, pessoas utilizam um cristal de alúmen, extraído na Tailândia, e apreciado há milhares de anos na Ásia, Europa e Egito, e, inclusive, nas milenares medicinas Ayurvédica e Chinesa. Uma alternativa muito boa para pessoas alérgicas ou que sofrem de enxaqueca.
 

Somos distribuidores da marca alemã: